A Nina, uma gatinha que mora com sua dona em Brasília, virou pivô em uma disputa judicial. O condomínio onde Nina vive não permite animais, mas sua dona decidiu brigar por ela e entrou com uma ação judicial.

O Supremo Tribunal de Justiça decidiu a favor da gata, que pode continuar vivendo tranquilamente em casa. Essa decisão deve ajudar muita gente que briga na Justiça pelo mesmo direito.