A falta de manutenção das edificações em nosso país tem chamado muita atenção nos últimos anos. Vistorias em condomínios são muito importantes, pois da vistoria é gerado um laudo, assinado por um engenheiro ou um arquiteto especializado, atestando se o empreendimento está dentro do que se considera adequado para uma construção. Caso não esteja, o profissional contratado deve mostrar as melhorias a serem executadas, com prazo para que sejam feitas.

A vistoria é como uma bateria de exames completa para a edificação. Sendo assim, o que se espera é que surja uma cultura de manutenção predial, e não que só a cada cinco anos os síndicos e moradores se empenhem nos cuidados com a estrutura e respeitem as normas técnicas de segurança para condomínios. Dessa forma, os condomínios que não efetuar suas vistorias ficam sujeitos à multa, além de processos advindos de acidentes decorrentes da falta de manutenção – o que já acontece atualmente, mas que ganharia mais força devido à lei.

É claro que com vistorias, o esperado é que se haja um aumento nas taxas condominiais, principalmente nos condomínios mais antigos, mas é possível que depois de algum tempo, haja uma diminuição no valor médio da cobrança do condomínio, já que com a manutenção os cuidados com a edificação estarão sempre em dia, evitando sustos e diminuindo bastante a necessidade de obras emergenciais.

Fonte: seucondominio.com.br