Plantas trepadeiras

Uma alternativa para quem não quer ter os muros pichados pode estar no trabalho realizado pela paisagista Erly Hooper . A profissional prefere utilizar plantas e flores para fugir da rigidez do concreto que protege e da privacidade cada vez mais aos moradores. Segundo Erly, plantas e flores trazem leveza aos muros, além de ter outras vantagens, “os gastos com reparos diminuem e, como estão cobertos, os muros deixam de ser alvo de pichações”, disse. Caso haja necessidade de restaurações, a profissional aconselhou uma poda drástica, pois o corte fará com que a planta cresça ainda mais saudável e bonita, explicou.

As trepadeiras são ideais para cobrir muros, no entanto, outras plantas também não são descartadas. “É possível usar outras espécies como aspargos, peperômia, e renda francesa – que ainda permitem a criação de um muro verde, com tons diferentes”, ensinou a paisagista.

Já para os pergolados, as trepadeiras também aparecem como primeira opção. “Existem inúmeras trepadeiras que florescem em épocas diferentes. Sendo assim, para esse tipo de projeto, é ideal, então, usar tipos diversos de trepadeiras, assim, o pergolado ficará florido durante todo o ano e muito criativo”, sugeriu a profissional.

Com relação à manutenção, as plantas de muro e pergolado devem ser podadas pelo menos duas vezes ao ano. A paisagista orientou que para mantê-las sempre saudáveis os cuidados são os mesmos de uma planta normal, ou seja, irrigação diária e adubação. Ela ainda lembrou que “para que a trepadeira suba no pergolado é preciso tutorá-la com um fio de nylon”.

Fonte:http://www.folhadocondominio.com.br/materia.php?id=3499