Uma tecnologia que faz o reconhecimento do visitante do condomínio através da leitura facial já está disponível no mercado. O equipamento de biometria, chamado Engeface, pode ser instalado nas portarias e elevadores de prédios residenciais e comerciais e é mais uma ‘arma’ para a segurança no controle do acesso de moradores, visitantes, funcionários e prestadores de serviços. De acordo com a Engetax, fabricante de elevadores da cidade de Campinas e pioneira no desenvolvimento do sistema, o produto é compatível com qualquer tipo de elevador, não importando o fabricante.

Reconhecimento não é invasivo, disse técnico

Segundo Wellington Vietri, técnico responsável pela implantação do sistema, “o reconhecimento facial, além de ser único para cada indivíduo, não é invasivo como o de retina, por exemplo, e não necessita de contato, como a biometria digital”, explicou.

Ele também disse que o cadastro das pessoas é feito no próprio equipamento e, por isso, dispensa o uso de computadores. Desta forma, conforme o profissional, a liberação de condôminos, funcionários e visitantes previamente cadastrados não requer o treinamento de funcionários no cadastramento e autorização de entrada. “O resultado é que todo o processo fica mais barato, seguro e prático”, afirmou Vietri.

A empresa também informou que o equipamento é suportado por um sistema de segurança denominado Engecode, do qual faz parte o Engetok, que gera senhas aleatórias para os condôminos liberarem visitantes e funcionários não cadastrados. Tal ação traz a identificação do horário, dia e local (apartamento) geradora da senha, o que garante o controle total do acesso.

A empresa destacou ainda que o cliente pode fazer a locação do equipamento, a qual já vem com o serviço de manutenção incluso. O valor do aluguel pode variar de R$350 a R$900.

Fonte:http://www.vivaocondominio.com.br/artigos/sistema-reconhece-visitante-pela-face